Arquivos do Blog

1ª Relicário – Feira de Cultura Vintage [Fotos]

Eu realmente queria ser dessas pessoas que tiram fotos incríveis. Well. Minha câmera é boa. Já eu não sou fotógrafa. 🙂

De qualquer forma, confira no meu álbum do Flickr como foi a 1ª edição da Relicário – Feira de Cultura Vintage, dia 18 de julho no Centro Cultural Laurinda Santos Lobo, em Santa Teresa.

1ª Relicário - Feira de Cultura Vintage

E se liga que a próxima já tem data! Dia 8 de agosto!

Bora sacudir o esqueleto (infelizmente, ainda não é dessa vez que vocês vão sacudir Uisqueleto lá). 😉

(nosso baixista estará viajando. Quem sabe na terceira edição, se vocês pedirem?)

Anúncios

Divando por aí

Mais umas fotinhos do Bazar Noir, no Teatro Odisséia, agora pelas lentes do Jota Zeferino:

 

10443116_620683331386334_4759262696630726824_o

10562729_620683638052970_6969423992484458548_o

10604587_620683954719605_2189188041392662905_o

1492344_620683674719633_24037273885083741_oO vestido loosho é da Simone Tomaz. ❤

 

Apps para fazer arte, parte 2 – Ah, sim. Os apps!

Agora que já expliquei que meu telefone tem boa memória e é suficientemente potente pra não me deixar na mão enquanto exporto de um programa para outro e faço edições divertidas – pré-requisito se  você quiser brincar de edição de imagens no celular sem se emputecer muito com travamentos constantes, vamos ao que interessa: a lista.

– Pra edições simples – cortes, contraste, brilho, e até para textos simples em imagens, uso o Aviary. Grátis.

– Pra edições mais complexas um pouco, vou de Pixlr Express. Olha, o Pixlr express tem uns adesivos supimpas, uns efeitos… Grátis também.

– Tenho o Cymera, que serve pra fazer aquelas montagens com duas ou mais fotos num frame. O PicsArt serve pra isso também, e ainda adiciona textos. Ambos são grátis.

Com um MAIS o outro, consigo, por exemplo, fotografar uma contracapa de disco, dar uma editadazinha de leve, colocar uma legenda e algo escrito, e voilà:

arte-celular04

Com os filtros do Pixlr Express, também consigo fazer desde paisagens toscas de sci–fi ruim:

arte-celular02

…até a aplicação de filtros um pouco mais chiques e LAYERS, você não leu errado. LAYERS.

arte-celular01

O Phonto faz montagens de texto sobre imagem de uma forma bem decente, e o Pixlr-o-matic tem uns bons filtros. Tudo grátis. E como a câmera do aparelho agora é bem boa, posso dar um tratamento básico a desenhos meus, feitos em cadernos mesmo, e compartilhar na internet.

Aí você começa a pensar em coçar o bolso se quiser ter algo mais, né?

‘Wreck this app’ e ‘This is not an app’ são aplicativos da Keri Smith, a mesma dos livros ‘everything is connected’ e ‘the guerilla art kit’, que tenho aqui em casa. ‘Wreck this app’ é a versão aplicativo do ‘wreck this journal’, aquele livro de tarefas cujas páginas podem (e devem) ser transformadas sem dó. A versão app é tão legal quanto – ela te dá tarefas envolvendo rabiscos, escrita e fotografia, e o resultado pode ficar tão bacana quanto isso aqui:

 arte-celular03

…ou isso aqui (ela pedia pra colar uma imagem na página, e escolhi colar aquela montagem anterior):

arte-celular05

Sim, são aplicativos pagos (mas você pagaria pelo livro, não pagaria?). E razoavelmente baratos – muito baratos, se considerar que funcionam como uma espécie de TERAPIA DE BOLSO. Recomendo.

E você?

Que aplicativos usa?

Contaí:

%d blogueiros gostam disto: