Diário de gratidão – dia #06

O ser humano é meio bundão, especialmente o ser humano… dos nossos tempos? Nah. O ser humano sempre matou os seres da mesma espécie, sempre matou outras espécies não necessariamente para se alimentar, mas muito também por esporte…

…talvez isso seja uma maneira de autorregular a expansão da espécie no mundo, mesmo. Imagina: se não houvessem guerras e doenças produzidas por nós mesmos, teria muito mais gente no mundo, não caberíamos todos e não teríamos recursos para todos… porque o ser humano é bundão e raramente pensa no coletivo, no bem da sociedade, como um todo. É o meu e vamos nessa.

Agradeço, do fundo do coração, por existir gente no mundo que se preocupa com os outros. Gente boa, de coração.

Gente que se esmera em educar, em espalhar amor, em prover o mundo com soluções democráticas, em pesquisar soluções para a iminente falta de recursos naturais do planeta. Gente que trata os outros com respeito e carinho, independente de quem sejam.

Obrigada, seus lindos, por existirem. É por causa de vocês que eu gosto de viver aqui.

Anúncios

Publicado em setembro 2, 2012, em autoajuda e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: