Dia 25: como perder uns quilinhos que estão sobrando…

…e sem surtar!

Ter uma vida saudável e perder alguns quilinhos sem comprometer o equilíbrio também é uma meta deste blog. Afinal, existe literatura de autoajuda para tudo, inclusive para emagrecer!

Bem, a boa notícia é que já faz três dias que o ponteiro da balança está estacionado em dois números a menos do que semana passada.

A má notícia é que ainda não consegui focar o suficiente nas tarefas diárias pra ter mais alguns minutos para encaixar meia hora de exercício físico (são MUITAS tarefas, gente! O dia não dá conta disso tudo ainda não!).

A boa notícia é que, tudo bem, eu não tenho problemas graves de sobrepeso, só quero perder uns poucos quilinhos mesmo e sei muito bem por que engordo (ou por que não emagreço): sabe o brigadeiro depois do almoço? Sabe o chocolate, a paçoquinha, o pingo de leite? Sabe os biscoitos do lanchinho da tarde? Pois é, eu sei muito bem.

Meu caso pode ser bem diferente do seu. Seu problema pode ser a cervejinha, pode ser a janta tarde da noite, pode ser o excesso de frituras. Tudo bem. Se você não for um desses casos que só podem ser resolvidos com a ajuda de um médico, sua solução é exatamente a mesma que a minha:

SÓ POR HOJE, NÃO VOU COMER DOCES.

Gente, sério. Funciona. Troque o ‘comer doces’ por algo que você faz e sabe que não deveria, e voilà. Mas tem que levar a sério se quiser ver algum resultado, hein?

Ok, falar é fácil (falar pra todo mundo, em voz alta, ajuda a introjetar o mantra), mas para evitar o surto de abstinência do fim da tarde, algumas providências precisaram ser tomadas. Em primeiro lugar, no meu prato tem de tudo, ou quase. Tive que recusar a feijoada de sexta no Serafim por uma ótima causa: SÓ POR HOJE, ou melhor, ontem, meu mantra não seria em vão e eu não comeria doces. Pra isso, almoçar no comida a quilo é fundamental, especialmente naqueles dois que têm arroz integral também.

Sim, porque eu tava achando que precisaria cortar carboidratos, e a real é que eles têm açúcar o suficiente pra não me fazer pedir mais. Carboidratos são permitidos na minha vida, não sei na sua, desde que ao natural (arroz integral, lentilha, inhame e tals). Farináceos, só pão integral e mesmo assim, só de manhã. Então no meu prato, não sei no seu porque cada caso é um caso, tem de tudo e inclusive umas frutinhas ou passas, pra saciar a vontade de comer algo doce. Tem verduras ocupando a metade do espaço, tem alguma proteína animal, tem carboidratos ‘do bem’ e umas frutinhas.

No final das contas, não me sinto de dieta. Como mais ou menos o mesmo peso de sempre e não me sinto privada dos doces queridos simplesmente porque… porque… porque não estou sentindo vontade deles!! 🙂

Tou nessa de ‘só por hoje’ faz três ou quatro dias e já vi resultados. Alcachofra, seja comida, seja em cápsulas, também é legal pra melhorar a digestão e absorver menos gordura. Falta pouquíssimo para atingir minha meta, já que normalmente sou uma pessoa satisfeita com meu corpo, mas como estou em contenção de despesas, quero me sentir bem dentro de *todas* as calças do meu guarda-roupa e não gastar dinheiro com vestuário tão cedo.

Pra me manter motivada, é só subir na balança.

* * *

Se seu problema é a cervejinha do fim de semana, a janta tarde da noite ou a batata frita, SÓ POR HOJE, não mande pra dentro. Quer dizer, hoje é sábado, vá lá – mas veja se compensa os excessos de alguma forma, pô. Quando os resultados começarem a aparecer, você vai descobrir que valeu a pena repetir o mantra todo dia.

Anúncios

Publicado em março 26, 2011, em autoajuda e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: