Planejando as mudanças na sua vida – parte 1

Então eu li no MySuperChargedLife.com que eu preciso de um plano para melhorar minha vida.

UM PLANO?

Ferrou. Eu sei fazer planejamento de comunicação, plano de mídia, plano de negócios, mas como diabos seria um plano de vida?

Acho que, primeiro, eu precisaria de umas aulas de excel. Esse tio aí do MySuperChargedLife não ensina planejamento, o que é uma pena. Podia rolar uma espécie de caminho das pedras, não?

De qualquer forma, enquanto você está aí, planejando e organizando a sua vida no papel (ou no excel), como prega a metodologia do ‘Get things done‘,você podia simplesmente estar AGINDO. É, é uma opção também. Mas lembre-se de que se você é um ser desorganizado, sem método e sua vida financeira / profissional / amorosa ou o que quer que seja virou um caos, talvez uma metodologia seja útil.

Bom, considerando que todos os planejamentos seguem mais ou menos a mesma estrutura, vamos a ela. É a única que conheço, e pode funcionar bem…

  • Cenário
  • Diagnóstico do macroambiente
  • Análise
  • Áreas a serem trabalhadas
  • Estratégia (para cada área)
  • Táticas
  • Cronograma de ação
  • Monitoramento

Ok, deixa eu explicar pra vocês:

– Cenário
Um overview da sua vida. Quem é você, o que você já conseguiu, o que faz. Quais são os pontos fortes e os pontos fracos da sua carreira, do seu relacionamento, da sua saúde?

– Diagnóstico do macroambiente
Ok. Eu sei que se espelhar na felicidade DOS OUTROS é um erro. Exemplo? Ver fulano feliz da vida curtindo as férias na Tunísia enquanto você vai, no máximo, pra Maricá. Muito provavelmente, fulano vai passar as férias na Tunísia porque trabalha feito um corno e, claro, ganha pra isso – e também pra não ter vida pessoal, não passar os fins de semana com a família, não poder sair do trabalho às 19h para a aula de dança. No caso, não é pra se espelhar na felicidade dos outros, mas pra levantar o seguinte: o que faria você feliz? Tem mais alguém feliz com algo que TE faria feliz? Como essas pessoas chegaram lá? Quais os problemas externos à sua vontade (ameaça de empresa se reestruturando, fígado indo pro saco, marido bebum, sogra invasiva ou o que quer que seja? – mais tarde vamos ver que externo à sua vontade é o cacete, VOCÊ escolheu essa vida)? Quais as oportunidades (país precisando de pedreiros e engenheiros, ou você descobre que é o único herdeiro de uma tia de 90 anos com um câncer terminal).

– Análise
De novo, não dá pra pensar que você vai ser feliz com muita grana mas, por isso, perder sua vida pessoal. Por outro lado, cursos e especializações podem dar um up na vida financeira a médio prazo, e não vão tirar sua vida pessoal para sempre. O que falta pra sua vida? Como você pode chegar lá? Pegue os pontos fracos e os pontos fortes e cruze com as ameaças e as oportunidades. Faça uma tabelinha. Aí você vai ver, por exemplo, que você é bom em tricô (força) e faltam 3 meses pro inverno (oportunidade), o que configura uma possibilidade bacana de renda extra. Você vai ver que você não tem pós graduação e não entende chongas de redes sociais (fraqueza) e que o diretor da empresa já contratou uns 3 gerentes com metade da sua idade, o dobro de qualificações e extremamente safos com tecnologia (ameaça), então vai poder agir de forma proativa (vai catar uma especialização! Não tem grana? Já procurou saber se a empresa paga ou se a instuição de ensino oferece algum tipo de financiamento?). E por aí vai. Esse cruzamento de forças, fraquezas, ameaças e oportunidades chama-se Matriz SWOT e é um grande clássico de análise de mercados.

* * *

Pra isso aqui não virar um post gigantesco que você NÃO vai ler até o fim, continuo amanhã, ok? É até bom porque dá tempo de eu mesma fazer uma análise SWOT da minha vida, e entender o que eu preciso mudar…

Anúncios

Publicado em março 9, 2011, em autoajuda e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: