Poesia pura

“Ele foi bem escondido só que todo mundo viu

ele entrando na farmácia pra tomar Benzetacil

Putaquepariu

Foi tomar Benzetacil”


* * *

Amigos, não tentem fazer isso em casa

Imbuída do genuíno espírito olímpico pregado por Pierre de Coubertin, lá fui, com a graça de uma deusa grega, praticar exercícios aproveitando a bela academia ao ar livre que é a orla da Zona Sul do Rio de Janeiro. E tome pedalada, pedalada, tal qual uma música do Marcos Valle, e um dia era Roberto Carlos na fase soul, no outro era o Nirvana com Kurt Cobain agonizando com seu “In Utero”, discaço, várias lembranças de adolescência, eu e Bel e as camisas com a letra de “Dumb”, e mais pedaladas, mais pedaladas, e o ventinho no rosto, e os rostos conhecidos domingo à tarde, desvia do pessoal do cooper, e o ventinho, ah, o ventinho de segunda à tardinha, ao sol poente, e a lua das 18:35 do final de inverno como uma bola laranja gigante subindo pela pedra do Leme, e o banho quase frio pra refrescar em casa depois de tantos kilômetros pedalados..

..resultado: uma baita dor nas costas que já dura quase 24 horas, e não parece diminuir.

É, definitivamente, esse papo de que esporte faz bem é balela.

* * *

No trabalho não tem jeito, mas em casa sou obrigada a sair da frente do computador e ficar na horizontal, espalhada pelos cinco travesseiros. Aproveitei os momentos forçados de repouso para colocar algumas leituras em dia – e, cacete, que livro FRACO tá sendo esse tal “Neuromancer”, do William Gibson, hein?

Vamos ver se melhora.

É, porque a coluna da velha decrépita aqui não tem mais jeito.

* * *

Kevin Smith novo

Nossa, “Clerks” já vai fazer dez anos. Estou me sentindo velha MESMO.

A boa notícia é que Kevin Smith está trabalhando na seqüência de “Clerks”. Espero ansiosa. A mesma nota da Reuters diz que Smith está escrevendo uma adaptação da série “Besouro Verde” para as telonas. Fantástico. Aguardarei ansiosa também.

* * *

Por ora, fiquem com a descrição dos brownies feita por Jorge Luis Borges:

“São homenzinhos serviçais de cor parda, da qual tiraram seu nome. Costumam visitar as granjas da Escócia e, durante o sono da família, copaboram nas tarefas domésticas. Um dos contos de Grimm relata um fato análogo.

O ilustre escritor Robret Louis Stevenson aformou que havia adestrado seus brownies no ofício literário. Quando sonhava, estes lhe sugeriam temas fantásticos; por exemplo, a estranha transformação do Dr. Jekyll no diabólico Sr. Hyde, e aquele episódio de Olalla no qual um jovem, de uma antiga casa espanhola, morde a mão de sua irmã.”


(retirado de “O Livro dos Seres Imaginários”, obrigatório para fãs de fantasia, escritores e curiosos)

Anúncios

Publicado em agosto 31, 2004, em Uncategorized e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: