Nerds também se divertem

O roteiro nerd carioca que o Paulo Ferreira escreveu no Rio Show de hoje ficou bacaninha. Acho que vou começar a cobrar para prestar consultoria sobre assuntos pop/rock/nerd.. embora, é claro, o fato de ter escrito meia dúzia de parágrafos sobre qualquer assunto não torne ninguém autoridade no mesmo. Mas ah, já ouvi tanta história de picareta, como um psicanalista de Niterói formado em jornalismo, ou um astrólogo famoso se fazendo de cientista político que acho que.. é.. pode ser.

* * *

A Paixão de Cristo em flash

É uma animaçãozinha curtinha e tosca ao extremo que andou circulando por aí (fórum de discussão, listas, sites de links bizarros). Estou colocando aqui por causa da musiquinha, que não me sai da cabeça há dois dias.

* * *

Marketing

A Tom Bihn, uma griffe de bolsas para laptop e mochilas moderninhas, botou seus produtos à venda com uma piada interna: uma etiqueta com as instruções de lavagem em inglês e em francês. Embaixo da tradução francesa das instruções, a frase “Nous sommes desolés que notre président soit un idiot. Nous n’avons pas voté por lui”. Um sujeito mais atento descobriu o lance, postou em seu blog, e a partir daí o fórum de discussão no site da marca ficou movimentadíssimo.

O CEO da empresa, o próprio Tom Bihn, disfarça e afirma que foi uma piada interna e o presidente idiota que não foi eleito a quem a etiqueta se referia era ele – mas é claro que muita gente pensou que a referência era a George W. Bush (‘presidente’, ‘idiota’ e ‘não votamos’ na mesma frase, diz um assinante do fórum, só pode querer dizer Bush Filho!). Os argumentos da galera (em especial a que não acredita que seja mesmo uma piada interna e que sacaneia os defensores cegos do presidente norte-americano) no fórum são ótimos, valem a perda de tempo.

E, para cada um que diz “eu não acredito que seja uma piada interna e não vou comprar seus produtos, seus anti-patriotas!”, há vários novos clientes, conquistados pelo bom humor da marca, pela qualidade dos produtos e pelo fato de que, num país onde grandes marcas terceirizam suas fábricas em países miseráveis, não se responsabilizando pela qualidade de vida merda (se é que dá pra chamar o que eles têm de ‘vida’) e dos salários de fome da mão-de-obra empregada na produção de seus produtos, nada pode ser mais patriota do que uma empresa com a fábrica no próprio país, com empregados sindicalizados que se dispõem até a fazer uma piada interna com o CEO.. Bom, é o que eles dizem. Eu prefiro não acreditar nisso, e achar os caras mais legais ainda :p

* * *

Não sei como é que pode, não sei como é que pude..

Se o Rafael do Polegar (lembram? aquele que, num surto, engoliu pilhas e tampas de caneta e de xampu) tivesse uma cadelinha, seria esta, que engoliu nada menos do que 28 bolas de golfe.. ui!!

Anúncios

Publicado em abril 23, 2004, em Uncategorized e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: